FAO concede $ 500 mil para agricultura e pecuária em Cabo Verde

Praia, Cabo Verde (PANA) - A Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) anunciou em Roma (Itália) que vai atribuir a Cabo Verde 500 mil dólares para financiar um programa de apoio à agricultura e pecuária numa altura em que o arquipélago está perante um mau ano agrícola, soube a PANA de fonte segura.

O acordo para concessão deste montante foi assinado pelo primeiro-ministro cabo-verdiano, José Maria Neves, no seu último dia de visita a Roma, e pelo diretor-geral da FAO, José Graziano da Silva, devendo o montante ser utilizado para apoiar as pessoas cuja segurança alimentar e meios de subsistência estão em risco na sequência de uma queda acentuada na produção agrícola resultante da seca.

A intervenção de emergência visa ajudar 8.237 famílias rurais mais vulneráveis ao impacto da seca.  

Neste sentido, a FAO irá fornecer a Cabo Verde sementes de culturas alimentares, alimentos para animais e equipamentos de irrigação por gotejamento.

Em 2014, Cabo Verde registou menos chuva em comparação com o ano anterior, o que faz com que cerca de 30 mil pessoas precisem de assistência urgente, sobretudo as famílias mais vulneráveis que perderam toda ou grande parte das suas colheitas de cereais em oito das ilhas mais afetadas do país.

Para o chefe do Governo cabo-verdiano, “este é um acordo extremamente importante que não só irá permitir-nos enfrentar a seca atual, mas também ajuda a criar condições para a construção de uma agricultura sustentável em Cabo Verde".

José Maria Neves sublinhou ainda que as relações com a FAO “são extremamente importantes porque este organismo é um dos principais parceiros de Cabo Verde no desenvolvimento da agricultura, da pecuária e das pescas que são setores estratégicos do país”.

De acordo com um dos seus objetivos estratégicos, a FAO está empenhada em tornar a produção da agricultura menos dependente de chuvas altamente variáveis e imprevisíveis, considerando que, no caso Cabo Verde, é particularmente crucial um esforço para aumentar a resiliência  no arquipélago.

-0-  PANA  CS/TON 19fevereiro2015

19 Fevereiro 2015 15:34:00


xhtml CSS