Expulsão de diplomata francês em destaque na imprensa no Togo

Lomé- Togo (PANA) -- A expulsão do primeiro secretário da Embaixada de França no Togo, Eric Bosc, acusado de ter ultrapassado a sua missão, está em destaque na imprensa togolesa.
"Tensão entre Paris e Lomé: França Riposta ao Expulsar um Diplomata Togolês", intitulou o jornal "Liberté".
O jornal interroga-se "até onde irão Faure Gnassingbé (o Presidente togolês) e o seu Governo", sublinhando que "esta decisão ilógica do poder é apenas a manifestação dum regime deseperado".
Por seu lado, o "Forum" sublinha que "na memória de Togoleses, nunca as relações entre um regime togolês e França se deterioraram até tal ponto".
Segundo o jornal, "Faure Gnassingbé corre o risco de serrar o ramo sobre o qual está sentado", considerando que é um "desamor que acaba de eclodir".
Por sua vez, "La Depêche" considera que "esta divergência diplomatica coloca o Presidente Faure num impasse a dois meses das eleições presidenciais".
"É uma divergência sintómatica das hesitações nos círculos françafricanos por ocasião das eleições presidenciais de 2010 no Togo", escreve o "Le Canard indépendant".

13 Dezembro 2009 11:08:00


xhtml CSS