Exposições sobre Nelson Mandela em Paris e Washington

Cidade do Cabo, África do Sul (PANA) - Duas exposições que celebram a vida do antigo Presidente sul-africano, Nelson Mandela, estão a ser organizadas em Paris (França) e em Washington D.C. (Estados Unidos), soube-se de fonte oficial.

A exposição de Paris foi aberta terça-feira à noite no quadro da Estação da África do Sul em França.

Segundo o ministro sul-africano das Artes e Cultura, Paul Mashatile, o evento salienta todas as etapas da vida excecional de Mandela.

No pátio do Conselho Municipal de Paris foi edificada uma estátua à semelhança da da cela de Madiba (alcunha de Mandela) em Robben Island (África do Sul).

Além disso, a Embaixada da África do Sul em Washington D.C. e o Ronald Reagan Building e o Internacional Trade Centre acolhem a Exposição de Arte Ubuntu, que celebra a vida e a herança de Nelson Mandela no pavilhão Atrium.

A exposição agrupa diferentes obras de artistas sul-africanos de renome e emergentes, que ilustram o espírito "Ubuntu" (abertura e disponibilidade), um princípio utilizado por Mandela para reconciliar a sua nação dividida depois do apartheid.

Para Ebrahim Rasool, antigo primeiro-ministro do Cabo Ocidental e atual embaixador da África do Sul em Washington, o apartheid "produziu artistas, músicos, poetas, adeptos das artes dramáticas e, ironicamente, nestas condições muito difíceis de repressão nasceu uma geração de artistas que conseguiu exprimir os sentimentos duma nação que preservou o seu humanismo quando se tentava desumanizá-la permanecendo a nossa estrela de esperança".

Ele confirmou que a Embaixada sul-africana vai edificar, este ano, uma estátua de Mandela diante da sua Chancelaria.

-0- PANA CU/SEG/NFB/JSG/MAR/TON 05junho2013

05 Junho 2013 21:37:44




xhtml CSS