Exército argelino mata cinco estrangeiros armados na fronteira com Níger

Túnis, Tunísia (PANA) – Cinco estrangeiros armados foram mortos e outros quatro feridos, quinta-feira, pelo Exército argelino que frustrou uma operação de infiltração na região de ''Ain Kazam'' próxima das fronteiras com o Níger, denunciou, sexta-feira, o Ministério argelino da Defesa.

O Exército Popular Argelino matou cinco elementos e feriu outros, quatro dos quais um de nacionalidade líbia, precisou o Ministério da Defesa num comunicado, indicando que os homens armados estavam a bordo de duas carrinhas destruídas na operação.

A operação surge depois do anúncio pelo Ministério da Defesa da detenção de três pessoas provenientes do Níger e da apreensão de armas e minuções, quarta-feira, na mesma zona.

A Argélia mobilizou dezenas de milhares de soldados ao longo das suas fronteiras com o Mali, a Líbia, o Níger e a Tunísia para impedir a infiltração de terroristas e o tráfico de armas, de produtos alimentares e de combustível.

-0- PANA AD/IN/BEH/SOC/CJB/TON  03out2014

04 Outubro 2014 22:39:29


xhtml CSS