Ex-Presidente cabo-verdiano nomeado enviado da OIF para Haiti

Praia- Cabo Verde (PANA) -- O antigo Presidente de Cabo Verde, António Mascarenhas Monteiro, foi designado enviado especial da Organização Internacional da Francofonia (OIF) para acompanhar a situação no Haiti, soube a PANA na cidade da Praia de fonte segura.
Segundo um comunicado da OIF, na sua qualidade de enviado especial, Mascarenhas Monteiro vai conduzir uma missão de alto nível que irá deslocar-se ao Haiti para acompanhar a evolução da situação e identificar as possibilidades de intervenção da Francofonia em complemento com as iniciativas desencadeadas por outras organizações internacionais.
O ex-chefe de Estado cabo-verdiano, que esteve no poder de 1991 a 2001, foi nomeado para a missão pelo secretário-geral da OIF, Abdou Diouf, durante uma reunião dum Comité Ad-Hoc que teve lugar terça-feira em Paris.
A reunião teve como objectivo analisar a crise haitiana e os últimos desenvolvimentos naquele país após a demissão do Presidente Jean-Bertrand Aristide, que está asilado na República Centro-Africana.
Neste encontro, a OIF manifestou o seu apoio aos esforços empreendidos pelas Nações Unidas, pelas organizações regionais e pelos parceiros bilaterais e confirmou a sua disponibilidade para contribuir na restauração do Estado de direito e o regresso à normalidade no Haiti.
A Organização Internacional da Francofonia agrupa 56 países, incluindo o Haiti.
Cabo Verde, apesar de ser um país onde o português é a língua oficial, foi admitido na OIF em Novembro de 1996.

03 Março 2004 17:52:00




xhtml CSS