Etiópia assume presidência da União Africana

Addis Abeba, Etiópia  (PANA) – O primeiro-ministro etíope, Hailemariam Desalegn, foi eleito este domingo, em Addis Abeba, a capital do seu país, presidente em exercício da União Africana (UA) durante a abertura da 20ª cimeira da organização pan-africana.

Os países da África do Leste, região a que retorna a presidência rotativa da UA, acordaram  confiar o posto à Etiópia.

Desalegn sucede na presidência da União Africana ao chefe de Estado beninense Yayi Boni eleito em janeiro de 2013 a favor da África Ocidental.

Vários chefes de Estado africanos estão desde sábado na capital etíope para assistir à 20ª cimeira da União Africana (UA)  que tem por tema central «Pan-africanismo e Renascimento Africano».

O equato-guineense Teodoro Obiang N'Guema, o congolês Denis Sassou N'Guesso, o tchiadiano Idriss Deby, o sul-sudanês Salva Kir e o sul-africano Jacob Zuma estão entre os primeiros a chegar a Addis Abeba.

Entre os chefes de Estado já presentes figuram também o ivoiriense Alassane Ouattara , o sudanês Omar El Béchir e o senegalês Macky Sall.

Vários participantes na cimeira receiam que o tema principal seja relegado para segundo plano pela crise maliana e por outras situações de conflito  no continente africano  

-0- PANA SEI/DIM/IZ 26jan2013

27 Janeiro 2013 11:22:01


xhtml CSS