Etiópia acolhe reunião pan-africana sobre nutrição

Addis-Abeba, Etiópia (PANA) – A Aliança Mundial para uma Melhor Nutrição (GAIN) organizou quarta-feira um ateliê em Addis Abeba entre os principais parceiros provenientes de 11 países de África para partilhar as lições aprendidas, os êxitos, os problemas e as próximas etapas na redução da desnutrição através dum enriquecimento alimentar em grande escala.

Um comunicado do GAIN indica que ainda há muito a ser feito apesar dos progressos evidentes na redução das carências em micronutrientes em África e o desenvolvimento de programas nacionais de enriquecimento dos alimentos.

«A vitamina A permanece ainda um assunto de preocupação de saúde pública na África Ocidental, onde mais de 40 porcento de crianças carecem dela. Na Etiópia, a desnutrição sob a forma de deficiências vitamínicas e minerais traduz-se pela perda do Produto Interno Bruto, estimada cerca de meio bilião de dólares por ano devido à perda da mão-de-obra, de potencial futuro e de produtividade no trabalho», indica o comunicado divulgado pela Organização de Imprensa Africana.

Ele citou o Banco Mundial segundo o qual a fortificação dos alimentos é « uma tecnologia hoje disponível que oferece uma grande oportunidade para melhorar a vida e acelerar o desenvolvimento a menos custo e em pouco tempo».

"O GAIN compromete-se a divulgar as lições importantes tiradas deste ateliê sobre a fortificação dos alimentos para reproduzir as melhores práticas duradouras e modelos em toda África que vão permitir melhorar a vida de milhões de Africanos», disse o diretor executivo de GAIN,  Marc Van Ameringen.

«Estamos felizes de apoiar a região e a Etiópia no reforço da sua capacidade a produzir e a melhorar o acesso a alimentos nutritivos mais razoáveis para as populações», acrescentou Van Ameringen.

-0- PANA MA/ASA/AAS/SOC/CJB/TON 20set2012

20 Setembro 2012 16:15:42


xhtml CSS