Ethiopian Airlines imobiliza aviões Dreamliner por razões de segurança

Addis Abeba, Etiópia (PANA) – A Ethiopian Airlines, a primeira e única companhia aérea em África a explorar o Boeing 787 Dreamliner, imobilizou esta quinta-feira os seus aviões deste modelo por razões de segurança, anuncia um comunicado da transportadora aérea etíope.

Esta decisão segue-se a uma diretiva da Administração da Aviação Federal Americana (FAA) para a imobilização de todos os Dreamliners.

Concebido como o aparelho do futuro para o transporte aéreo, o Dreamliner oferece aos passageiros maior fuselagem, mais espaço e a capacidade de percorrer distâncias mais longas numa única viagem. No entanto, o aparelho foi imobilizado nos Estados Unidos, na Europa e no Japão por problemas de segurança.

A totalidade dos aviões da companhia norte-americana, que esteve confrontada com uma série de problemas de conceção e de segurança, está imobilizada pela FAA porque as « baterias de lítio » nos aviões são consideradas perigosas.

« A Ethiopian Airlines decidiu retirar temporariamente os seus aparelhos B787 Dreamliners do circuito para uma inspeção de precaução », indica o comunicado da companhia.

Ela indicou que os seus aparelhos Dreamliners não registaram o tipo de problemas constatados pelas outras companhias, mas decidiu imobilizar os seus quatro aparelhos «como medida suplementar de segurança e em conformidade com o seu compromisso de colocar a segurança acima de tudo e de se submeter às exigências duma inspeção especial exigida pela Administração da Aviação Federal Americana ».

-0- PANA OR/VAO/ASA/AAS/SOC/FK/TON 17jan2013

17 Janeiro 2013 22:10:00




xhtml CSS