Estudantes mauritanos manifestam-se diante de Embaixada de França

Nouakchott, Mauritânia (PANA) – Vários estudantes mauritanos manifestaram-se esta terça-feira diante da Embaixada de França em Nouakchott contra « rejeições recorrentes, abusivas e sem motivos” de vistos, constatou a PANA na capital da Mauritânia.

Vigiados por elementos da Polícia Anti-motim, os estudantes usavam bandeirolas denunciando que reuniram "todas as condições requeridas para a obtenção de vistos - diploma de DELF, conta bancária, atestado de residência - e pagamos 99 euros para as despesas de depósito, o seguro, mas rejeitam os nossos pedidos sem possibilidade de recurso”.

Os estudantes afirmam ter o nível académico superior, incluindo Mestrado e Licenciatura, denunciando que dos mais de 700 requerentes de vistos apenas 10 os obtiveram.

"França é um país de direito que nos priva o direito de ir completar o nosso ciclo de estudante", denunciou um dos manifestantes.

-0-  PANA SAS/BEH/FK/TON 23set2014

23 Setembro 2014 15:30:55


xhtml CSS