Estados Unidos lançam novo alerta por recrudescimento de criminalidade na Zâmbia

Lusaka, Zâmbia (PANA) – A Embaixada dos Estados Unidos em Lusaka, a capital zambiana, lançou um novo alerta pelo recrudescimento da criminalidade na Zâmbia, advertindo os seus cidadãos residentes neste país da África Austral na sequência dum recente incidente durante  o qual cidadãos norte-americanos foram vítimas de assalto à mão armada e agressões sexuais.

A representação diplomática norte-americana disse estar preocupada com o último assalto devido à natureza violenta da agressão.

A Embaixada dos Estados Unidos declarou que "um assalto à mão armada e uma agressão sexual ocorreram no bairro de Ibex Hill, em Lusaka, no fim de semana passado, e lembra aos membros da sua comunidade que a Zâmbia continua a ser considerada uma zona de forte criminalidade. Este crime é particularmente preocupante devido à natureza violenta do ataque".

Segundo a missão diplomática, um grupo de três indivíduos, dos quais dois Americanos, foi vítima de assalto à mão armada e uma delas foi agredida sexualmente sábado de manhã quando regressava de viatura a uma das suas residências situada em Ibex Hill, perto da embaixada em Lusaka, e foi seguido por uma viatura desportiva de marca Range Rover prateado sem chapa de matrícula.

Eles foram perseguidos na sua viatura e obrigados a estacionar quando utilizaram uma via sem saída. Um dos bandidos estava armado com pistola e um outro com machado.

« Dinheiro e os seus telefones foram-lhes roubados, o homem foi morto e a mulher foi raptada e agredida sexualmente sob ameaça duma arma ».

Segundo a Embaixada dos Estados Unidos, um incidente similar ocorreu em julho último quando o veículo das vítimas foi obrigado a estacionar e bloqueado por um veículo roubado por quatro bandidos armados.

Os agressores roubaram tudo aos quatro passageiros e o motorista e dois passageiros foram agredidos sexualmente sob ameaça duma arma.

-0- PANA MM/MA/NFB/IS/FK/TON 21agosto2015

21 Agosto 2015 16:39:34


xhtml CSS