Estados Unidos condenam violências contra povo na Côte d'Ivoire

Abidjan, Côte d’Ivoire (PANA) – A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, condenou firmemente « os atos de violência de Laurent Gbagbo contra o povo de Côte d’Ivoire em particular o ataque perpetrado quinta-feira passada pelas suas forças de segurança contra uma manifestação de mulheres desarmadas, que causou a morte de sete pessoas”.

Numa declaração transmitida à PANA segunda-feira, a chefe da diplomacia americana afirma que « Laurent Gbagbo e as suas forças demostraram a sua indiferença violenta pela vida humana e pelo Estado de Direito, disparando contra pessoas desarmadas e inocentes ».

« Ele deve ceder o poder imediatamente em nome da paz », declarou Clinton, sublinhando que « as manobras egoístas de Laurent Gbagbo para se manter no poder, apesar da sua derrota nas eleições, fizeram subir a tensão e puseram em perigo os direitos fundamentais da população civil ivoiriense ».

« Desde dezembro, Laurent Gbagbo utiliza as forças de segurança para atacar as mesmas populações que ele diz representar e impede os Ivoirienses de ter acesso à água e à eletricidade », prosseguiu.

Os Estados Unidos apelaram para o fim imediato das violências e ameaçaram que “os chefes militares, os responsáveis do regime e outras pessoas que forem acusadas de ordenar ou de cometer atos de violência contra as populações civis deverão responder das suas ações”.

-0- PANA BAL/SSB/MAR/MAR/TON 08março2011

08 Março 2011 13:15:03




xhtml CSS