Especialistas de Microsoft esperados em Luanda

Luanda- Angola (PANA) -- Especialistas da Microsoft chegam na próxima semana a Luanda, para ajudar a projectar o futuro portal de informação do governo angolano, anunciou terça-feira o vice- ministro da Ciência e Tecnologia, Pedro Sebastião Teta.
De acordo com o governante, a participação da Microsoft na criação do portal resulta de um acordo assinado entre as duas partes, à margem do Fórum Mundial sobre Tecnologias de Informação, decorrido recentemente em Davos, Suiça.
O pacto vai ajudar igualmente Angola a reformular o sistema de ensino das tecnologias de informação, criar um Web desk para as escolas, assim como inovar os sistemas de tecnologias de informação.
As negociações para o estreitamento das relações entre a Microsoft e o governo angolano  iniciaram-se em Setembro do ano passado, em Joanesburgo, África do Sul, durante uma conferência também sobre as tecnologias de informação.
Segundo Pedro Teta, o governo angolano procurou esse parceiro estratégico por ser a maior empresa no mundo das tecnologias de informação, para a implementação exitosa do programa de expansão da informática em todo o país, num prazo de 10 anos.
O primeiro modelo do portal de informação do governo angolano poderá ser implementado nos Ministérios das Relações Exteriores e da Administração Pública, Emprego e Segurança Social.
A Microsoft vai igualmente criar no país conteúdos informáticos para escolas, formação de  professores e assessoria na reforma educativa (no domínio das tecnologias de informação), bem como oferecer produtos do sistema operativo Windows.
Desse acordo Angola espera ainda obter mecanismos que assegurem o surgimento de uma  indústria nacional de Softwares, tal como acontece na Índia, Tunísia e no Egipto, segundo ainda Pedro Teta.

03 Fevereiro 2004 20:36:00


xhtml CSS