Escritor somalí favorito ao Prémio Nobel da Literatura

Paris- França (PANA) -- O escritor somali Nuruddin Farah é citado entre os favoritos ao Prémio Nobel da Literatura de 2005 que será atribuído quinta-feira pelos membros da Academia Sueca, soube a PANA terça-feira em Paris de fonte segura.
Nuruddin Farah, nascido em 1945 na cidade de Baidoa (Somália) e considerado como um dos maiores escritores da língua inglesa, estudou na Índia e na Inglaterra.
As suas obras, escritas em inglês e em somalí, foram traduzidas em várias línguas.
Elas relatam, sobretudo, a libertação das mulheres na Somália no período pós-colonial como condição indispensável para a liberdade política e individual.
Nuruddin Farah fugiu do seu país em 1974 durante o regime do ditador Siyad Barré, que probiu o seu segundo romance intitulado "A Naked Needle" e condenou-o à morte.
Professor de universidades em vários países, incluindo nos Estados Unidos, no Sudão, na Gâmbia, na Alemanha e na Itália, ele vive desde 1998 na Cidade do Cabo (África do Sul).
Os escritores africanos que já venceram o Prémio Nobel da Literatura são os sul-africanos John Maxwell Coetzee (2003) e Nadine Gordimer (1991), o egípcio Naguib Mahfouz (1988) e o nigeriano Wole Soyinka (1986).

12 Outubro 2005 11:08:00


xhtml CSS