Escritor congolês pré-seleccionado para prémio em França

Paris- França (PANA) -- O congolês Alain Mabanckou figura na lista de 10 escritores pré-seleccionados para receber a 7 de Novembro próximo em Paris o Prémio Literário Femina, soube sexta-feira a PANA na capital francesa de fonte segura.
De acordo com o júri do prémio literário francês, o escrito natural do Congo-Brazzaville foi designado para o Prémio Femina devido à "grande qualidade literária" do seu último livro "Verre Cassé" (Copo Partido) publicado em 2005 pelas Edições do Seuil em Paris.
De 39 anos, Alain Mabanckou, que ensina Literatura Africana na Universidade americana de Michigan-Ann Arbor, é autor de cinco romances e de seis colecções de poesia.
Ele ganhou o Prémio da Sociedade dos Poetas em 1995, o Grande Prémio de Literatura da África Negra em 1998 e o Prémio Romance do diário francês "Ouest-France" em 2005 com o Verre Cassé.
O Prémio Femina, que poderá consagrar a obra de Alain Mabanckou, é, tal como os Prémios Médicis e Goncourt, uma das distinções literárias mais prestigiosas de França.
O galardão é atribuído anualmente a um escritor pela qualidade do seu romance.

16 Setembro 2005 12:48:00


xhtml CSS