Escritor congolês Alain Mabanckou vence prémio em França

Paris- França (PANA) -- O escritor congolês Alain Mabanckou venceu o Prémio Renaudot, uma das mais prestigiosas distinções literárias de França, para o ano de 2006 pelo seu romance "Mémoire de porc-épic" publicado pelas Edições do Seuil, soube a PANA segunda-feira de fonte oficial em Paris.
Num comunicado divulgado pouco depois do anúncio oficial da deliberação do prémio, o secretário-geral da Organização Internacional da Francofonia (OIF), Abdou Diouf, expressou a sua satisfação, lembrando que o escritor congolês recebeu em 2005 o Prémio dos Continentes atribuído pela sua instituição francófona.
"Estou particularmente orgulhoso por ver este ano que os prémios literários franceses escolheram honrar a Francofonia e a língua francesa.
Vejo nesta escolha a prova da vivacidade da nossa língua comum", estimou Diouf quando se dirigia a Alain Mabanckou.
Professor de Literaturas Francófonas desde 2002 na Universidade norte-americana de Michigan, Alain Mabanckou tornou-se aos 40 anos de idade numa das grandes figuras da literatura africana.
Ele ganhou igualmente em 2005 os Prémios RFO do Livro e Oeste-França pelo seu romance "Verre cassé" publicado no mesmo ano pelas Edições do Seuil.

07 Novembro 2006 12:31:00


xhtml CSS