Engenheiro líbio saúda progressos em teledetecção

Tripoli- Líbia (PANA) -- A Líbia registou progressos significativos no controlo e nas ciências da teledetecção e do espaço "reconhecidos por várias instituições e organizações internacionais que operam neste domínio", declarou terça-feira um especialista líbio.
De acordo com Hadi Gachout, presidente do Comité Nacional Líbio da Teledetecção, a Líbia lançou projectos a níveis internacional e regional relativos nomeadamente à elaboração da cartografia mundial e às aplicações da teledetecção na demarcação dos mapas.
Gachout falava em entrevista à PANA, no segundo dia da conferência internacional sobre as técnicas de teledetecção e sistemas das informações geográficas que decorre na capital líbia, Tripoli.
Ele disse que o seu país se associou à Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) para estabelecer uma cartografia nacional a ser integrada nos dados sobre África para divulgação mo quadro do mapa do continente africano.
Foram igualmente preparadas publicações sub-regionais com países do mundo árabe e com as instituições especializadas na teledetecção, disse.
Gachout, que é igualmente director do Centro Nacional Líbio de Teledetecção e Ciências do Espaço, indicou que a Líbia, através da sua instituição, foi escolhida após avaliação pelos Conselhos de Pesquisas Científicas Árabes para presidir à Liga dos Centros Árabes de Teledetecção.
Esta última está encarregue da formação e do reforço das capacidades dos quadros técnicos e científicos do mundo árabe, da criação de centros de teledetecção bem como da difusão das ciências do espaço.
Ele citou igualmente a contribuição do Centro Nacional Líbio de Teledetecção e Ciências do Espaço para a digitalização do maior mapa mineiro do mundo árabe relativo à organização árabe de desenvolvimento das indústrias.

06 Outubro 2009 20:15:00


xhtml CSS