Enfermeira alemã raptada em Mogadíscio

Mogadíscio, Somália (PANA) - Uma enfermeira alemã, ao serviço do Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) foi raptada quarta-feira de noite em Mogadíscio por homens armados não identificados, anunciou a referida instituição.

Segundo o site Web a "La Nouvelle Somalie'' (Nova Somália), homens armados entraram e saíram da sede do CICV por uma porta secreta sem que guardas postados na portaria desse conta.

Citando o porta-voz oficial do ministério somali da Segurança, Abdel Aziz Ali Ibrahim, a fonte indica que alguns guardas são cúmplices deste rapto.

O Governo somali conseguiu reencontrar o veículo usado nesta operação mas os  sequestradores escaparam utilizando um outro carro.

O CICR  condenou o sequestro da enfermeira que trabalhava em Mogadíscio para ajudar vítimas da crise na Somália.

Este  rapto ocorre após o recente assassinato dum funcionário somali da Organização Mundial da Saúde (OMS), morta terça-feira por homens armados num ataque perpetrado contra uma paragem de autocarros em Mogadíscio, refere-se.

-0- PANA YY/IN/DIM/DD 03maio2018


03 مايو 2018 12:59:58




xhtml CSS