Empresa americana explora petróleo em São Tomé e Príncipe

São Tomé, São Tomé e Príncipe (PANA) - O Governo santomense aprovou um acordo celebrado entre as companhias ERHC Energy e Kosmos Energy, que passa a ser detentora do bloco 11 da Zona Económica Exclusiva (ZEE) de São Tomé e Príncipe, soube a PANA terça-feira de fonte oficial.

Segundo um comunicado de imprensa da Agência Nacional de Petróleo (ANP), a ERHC transferiu para a empresa americana Kosmos 100 porcento dos seus direitos, interesses, responsabilidades e obrigações emergentes do contrato de partilha de produção no bloco 11 da ZEE de São Tome e Príncipe, com 85 porcento de interesse participativo.

O comunicado a que a PANA teve acesso revela que a Agência Nacional de Petróleo, em nome do Estado, detém 15 porcento de interesse participativo neste bloco.

O acordo aprovado refere que a Kosmos deve conduzir todo o processo de pesquisa, incluindo a realização de estudos sísmicos.

O bloco 11 da ZEE tem uma profundida média de 2.900 metros e cobre uma área de 8.941 quilómetros quadrados.

A ERHC e a ANP tinham assinado um contrato de partilha de produção para o bloco número 11 da ZEE em julho de 2014.

A Kosmos é uma companhia de exploração e produção de petróleo e gás de direito americano com sede em Texas, Estados Unidos da América, e desenvolve atividades de exploração e produção de petróleo e gás em áreas emergentes e em zonas offshore de vários países, nomeadamente Mauritânia, Marrocos, Portugal Senegal, Ghana e Sara Ocidental.

-0- PANA RMG/TON 20outubro2015

20 Outubro 2015 18:06:49


xhtml CSS