Emissário da ONU defende coordenação da ação da UA e Liga Árabe na crise líbia

Tripoli, Líbia (PANA) – O enviado das Nações Unidas na Líbia, Martin Kobler, pediu, esta terça-feira, um apoio forte e coordenado entre a Liga Árabe, a União Africana (UA) e a ONU para pôr termo ao impasse político na Líbia e dar novo impulso ao processo de transição no país.

Kobler intervinha durante uma reunião tripartida realizada no Cairo, capital egípcia, que visa fazer avançar o processo de resolução política na Líbia, unificar  e coordenar os esforços árabes, africanos e da ONU para promover o diálogo político entre todas as partes líbias.

Num tweet através da sua conta pessoal, Kobler declarou que o momento da reunião foi muito importante  na discussão sobre a situação difícil na Líbia.

A Liga Árabe acolhe, esta terça-feira, uma reunião trilateral presidida pelo seu  secretário-geral  Ahmed Aboul Gheit,  que visa fazer avançar a resolução política da crise líbia.

Este encontro realiza-se também no quadro do acompanhamento dos resultados do que foi decidido entre os Estados árabes e ocidentais bem como as organizações regionais que participaram na reunião ministerial organizada sobre a Líbia, a 22 de setembro último, em Nova Iorque (Estados Unidos).

Presentes na reunião desta terça-feira, no Cairo, além de Martin Kobler, como representante  especial  do Secretário-Geral das Nações Unidas e chefe da Missão de Apoio da ONU na Líbia (MANUL), esteve também o ex-Presidente tanzaniano, Jakaya Kikwete, na qualidade de alto representante da UA na Líbia,

-0- PANA BY/BEH/FK/IZ 25out2016

25 Outubro 2016 18:29:37




xhtml CSS