Egito advoga reforço de relações afro-árabes

Cidade do Cairo, Egito (PANA) – O primeiro-ministro egípcio, Essam Sharaf, anunciou que o seu país tenta desempenhar um papel de primeiro plano no reforço das relações afro-árabes.

Falando à margem da cimeira da União Africana (UA), que encerra os seus trabalhos esta sexta-feira em Malabo, na Guiné Equatorial, Sharaf explicou que o Egito vai relançar as relações afro-árabes através de investimentos em vários programas económicos e de desenvolvimento.

À frente da delegação egípcia, ele sublinhou que as suas recentes visitas a vários países africanos e as suas reuniões com vários líderes africanos à margem da cimeira da UA visam o avanço dos interesses egípcios e africanos.

Em Malabo, o chefe de Governo egípcio encontrou-se com vários líderes africanos, nomeadamente os Presidentes ugandês, Yoweri Museveni,  tanzaniano, Jakaya Kikwete, e  botswanês, Iam Khama, com quem abordou os meios de relançar as relações bilaterais com outros países africanos bem como os meios de reforçar a cooperação regional.

O primeiro-ministro egípcio acrescentou que as discussões em Malabo demonstram que os Africanos estão em condições de resolver os problemas do continente, sublinhando que eles  rejeitaram igualmente a ingerência estrangeira nos assuntos do continente.

O primeiro-ministro egípcio transmitiu por outro lado à cimeira de Malabo a proposta do seu Governo relativa ao estabelecimento dum órgão africano de reconstrução para dirigir esforços de reconstrução nas zonas que acabavam de se livrar de conflitos.

-0- PANA MI/BOS/FJG/TBM/IBA/FK/DD 01julho2011

01 Julho 2011 16:05:32




xhtml CSS