Egipto envia mil 400 soldados ao Sudão

Paris- França (PANA) -- Pelo menos mil 400 soldados egípcios serão enviados para reforçar os efectivos da força híbrida União Africana/Nações Unidas desdobrada em Darfur (oeste do Sudão), anunciou sexta-feira em Paris o ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Bernard Kouchner.
"Os responsáveis egípcios com quem discuti, garantiram-me que vão enviar nos próximos dias mil 400 soldados a fim de reforçar a força híbrida em Darfur (conturbada província ocidental sudanesa abalada pela guerra civil desde 2003)", declarou Kouchner durante uma conferência de imprensa.
Pronunciando sobre o incidente entre os elementos da Força Europeia para o Tchad e a República Centro-Africana (EUFOR) e o Exército sudanês em Darfur, o chefe da diplomacia francesa preconizou o apaziguamento e a compreensão.
"Trata-se de um incidente lamentável que custou a vida a um soldado francês cuja patrulha teria por engano atravessado a fronteira sudanesa.
O importante agora é o diálogo e a compreensão", afirmou o diplomata francês.
Na sua opinião, é preciso reforçar paralelamente os efectivos da força híbrida e prosseguir com o desdobramento da EUFOR, uma força necessária para assegurar os campos de refugiados instalados no Tchad e na República Centro-Africano (RCA).

07 Março 2008 20:46:00




xhtml CSS