Dois mortos em explosão de engenho no Mali

Bamako, Mali (PANA) - Duas pessoas morreram na explosão de um engenho durante a passagem de um cortejo das Forças Armadas Malianas (FAM) com candidatos ao exame para  Diploma de Estudos Fundamentais (DEF), entre Dioungani e Koro, na região de Mopti, no centro do Mali, soube sexta-feira a PANA de fonte administrativa local.

As vítimas são um comandante de unidade e um conselheiro municipal, o primeiro adjunto do edil de Dinagouou, Soumaila Aya, segundo a mesma fonte que precisa que os candidatos e  seus supervisores que faziam parte do cortejo conseguiram voltar a Dioungani sãos e salvos.

No centro do Mali, abalado por uma insegurança crescente, os candidatos de várias localidades foram transportados pelas FAM até aos seus centros de exame do DEF, que decorreu de segunda a quarta-feira em todo o território maliano.

Muitas escolas continuam encerradas nesta parte do Mali, sob a ameaça permanente dos djihadistas, que se opõem ao ensino do francês na zona, preferindo a educação islâmica.

Desde a crise de 2012, as regiões do norte e do centro do país são alvo de ataques de todas as espécies, incluindo a colocação de engenhos explosivos nas estradas mais frequentadas.

Estes ataques, perpetrados por djadistas de todos os horizontes, fizeram vários mortos entre os membros das FAM, da Missão Multidimensional Integrada das Nações Unidas para a Estabilização do Mali (MINUSMA), das forças francesas Barkane e mesmo das populações civis.

-0- PANA GT/JSG/MAR/IZ 09junho2018

09 Junho 2018 10:48:42


xhtml CSS