Doença misteriosa fez mais de 40 mortos no centro do Mali

Bamako, Mali (PANA) - Uma doença misteriosa fez mais de 40 mortos na localidade de Mondoro, no círculo (prefeitura) de Douentza, na região de Mopti, no centro do Mali, noticiou terça-feira a imprensa local, sublinhando que as causas desta doença muito contagiosa estão por determinar.

A doença misteriosa foi confirmada pela ONG Médicos Sem Fronteiras que precisa que 204 casos foram registados, incluindo 161 na aldeia de Douna e 43 em Tiguila.

Segundo o Patrick Inengé de Médicos Sem Fronteiras foram extraídas amostras em alguns pacientes, pelo número elevado de mortos que esta patologia já provoco.

Segundo vereadores da localidade, esta patologia já matou mais de 40 pessoas nos últimos três meses e numerosas pessoas estariam contaminadas.

A doença manifesta-se pelo aparecimento de botões nos pés que se propagam progressivamente no resto do corpo.

Os sintomas são, entre outros, um calor a nível dos membros inferiores, seguido de edema evolutivo de baixo para cima acompenhado de escurecimento da pele.

Atualmente, indica a imprensa,só a Médicos Sem Fronteiras assiste os pacientes em pelo menos três aldeias do distrito de Mondoro, onde esta doença apareceu.

Devido à insegurança na zona abrangida, a situação em outras localidades é desconhecida. Os vereadores comunais esperam uma visita duma missão médica do Estado para determinar a situação real.

-0- PANA GT/JSG/MAR/IZ 7agosto2018

07 août 2018 13:44:21


xhtml CSS