Doença desconhecida deixa cegos 4 membros da mesma família em Luanda

Luanda, Angola (PANA) - Quatro membros da mesma família, residentes no município do Kilamba Kiaxi, arredores da capital angolana, Luanda, ficaram cegos por causa de uma doença desconhecida, noticiou no fim de semana a agência angolana de notícias (Angop).

Entre as vítimas figuram os adolescentes Elizabeth Mateus e João Cláudio Mateus, de 11 e 14 anos de idade, respetivamente, bem como Jonsom Mateus (18 anos) e Nzola Mateus (20 anos).

Destes dois últimos, o primeiro contraiu cegueira total e o segundo parcial, precisou o pai das vítimas identificado por Macuntondo Lemos.

Em consequência da doença, Nzola Mateus teve que abandonar as suas aulas do ensino normal no curso de ciências físicas e biológicas, no Instituto Médio do Capolo II, em Luanda.

“Tem sido difícil a situação, dói ver essas crianças presas à escuridão, mas continuam a estudar em ensino especial, mesmo com muitas dificuldades”, lamentou o progenitor citado pela Angop.

Sensibilizada com a situação, a Associação Jovens Unidos e Solidários (AJUS) doou bens alimentares, incluindo arroz, açúcar e leite, e  algum valor monetário para ajudar no pagamento das despesas como a energia eléctrica cujo fornecimento já tinha sido cortado.

Para o presidente da AJUS, a constatação é lamentável e a doação insignificante diante da dor da família, uma vez que, argumentou, os bens doados apenas vão ajudar a suprir algumas necessidades, enquanto que "o fundamental é o calor humano".

Segundo ele, são atitudes do género que deixam os necessitados mais confortados, razão pela qual encorajou outras franjas da sociedade a seguir o exemplo da AJUS, mobilizando-se para iniciativas semelhantes.

Apelou à sociedade em geral, aos governantes e aos empresários, em particular, no sentido de apoiarem a família, visto serem crianças e jovens em idade escolar que perderam a visão.

Aproveitou a ocasião para lançar o projeto denominado “Angola precisa de nós, eu amo Angola” que visa reforçar o espírito de solidariedade na sociedade.

-0- PANA IZ 02maio2017

02 Maio 2017 09:21:07


xhtml CSS