Docente ugandês assassinado em Mogadíscio

Mogadíscio- Somália (PANA) -- Um docente ugandês, Moses Mzee Anasuya, que vivia na Somália há mais de uma década, foi assassinado na noite de sexta-feira para sábado, em Mogadíscio (a capital do país), por desconhecidos armados, soube a PANA domingo no local.
Dois homens armados atacaram Anasuya quando estava de visita em casa do seu amigo tanzaniano, Amos Ole Chewele, que conseguiu safar-se desviando o cano da arma apontada contra ele por um dos agressores.
Moses Mzee Anasuya foi sepultado em Mogadíscio, deixando uma víuva somali e cinco órfãos.
No início do ano, Anasuya e Ole Chewele haviam recebido uma advertência dizendo que era inadmissível que eles estivessem a trabalhar na Somália enquanto os residentes locais não tinham emprego.

21 Abril 2003 10:48:00




xhtml CSS