Diplomata tchadiano ferido a tiro em Darfur

Cartum- Sudão (PANA) -- O cônsul-geral do Tchad foi ferido a tiro em Darfur (oeste do Sudão) por homens armados não identificados que dispararam contra o seu veículo, soube-se sábado em Cartum de fontes oficiais sudanesas.
O diplomata tchadiano regressava na quinta-feira à noite a El-Geneina (oeste) proveniente da cidade fronteiriça tchadiana de Adre quando homens armados não identificados dispararam contra o seu veículo no território sudanês, indica um comunicado do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Sudão.
Ele foi imediatamente evacuado para um hospital de El-Geneina pelas autoridadeslocais antes de ser transferido para Adre.
"O Ministério sudanês dos Negócios Estrangeiros lamenta profundamente o  incidente", sublinha o comunicado.
As relações entre o Sudão e o Tchad deterioraram-se nos últimos tempos depois de Ndjamena acusar Cartum de albergar três mil rebeldes tchadianos que pretendem, alegadamente, desestabilizar o país.
Consequentemente, o Tchad decidiu suspender a sua mediação na crise em Darfur.
  

17 Abril 2005 14:01:00




xhtml CSS