Dia da Francofonia celebrado por solidariedade para Mali, segundo secretário-geral da OIF

Paris, França (PANA) – O Dia Internacional da Francofonia é celebrado esta quarta-feira no mundo sob o sinal da solidariedade para o Mali, país oeste-africano confrontado há um ano com uma grave crise sócio-política, declarou o secretário-geral da Organização Internacional da Francofonia (OIF), Abdou Diouf.

"A solidariedade é um dos princípios fundadores da Francofonia e sem dúvida o princípio mais fundamental. Nesta data de 20 de março é a oportunidade para reafirmar os valores que nós partilhamos e as iniciativas comuns face às situações de crise. Este ano, solidarizamo-nos com o Mali",  precisou Diouf, ex-Presidente senegalês (1981-2000), num comunicado transmitido à PANA,

Ele saudou "a decisão corajosa"  de França de responder favoravelmente ao pedido de assistência militar do Mali que se traduziu no lançamento a 11 de janeiro último da Operação Serval.

Para Diouf, a operação militar Serval lançada, com o apoio de vários Estados francófonos da região, visa apenas lutar contra o terrorismo, permitir ao Mali recuperar a sua integridade territorial e permitir aos Malianos viverem em paz e com a segurança.

O secretário-geral da OIF sublinhou, por outro lado, que o Colóquio dedicado em Dakar(Senegal) ao escritor e líder político Aimé Césaire (martiniquês), o Fórum Mundial das Mulheres Francófonas organizado em Paris (França) são dois eventos  que marcam a celebração da criação da OIF, a 20 de março de 1970 em Niamey, no Níger.

“O colóquio internacional, Aimé Césaire, caderno dum regresso ao país natal » visa saudar a obra e a ação  do ilustre escritor e líder político martiniquês numa homenagem à qual serão associados Léon-Gontran Damas (poeta e político francês) e Léopold Sédar Senghor (primeiro Presidente do Senegal e poeta)», indicou Diouf, lembrando que a contribuição dos três pais da Negritude para a emancipação da língua francesa.

Ao evocar o Fórum Mundial das Mulheres Francófonas, que se realiza esta quarta-feira no Museu de Quai Branly em Paris, o ex-Presidente do Senegal disse ter  a esperança  de que ele seja «um momento importante para promover a palavra das mulheres ».

"Este fórum segue-se a uma reunião sobre a mesma temática realizada recentemente em Nova Iorque (Estados Unidos) e onde a Francofonia adotou com êxito um plano de ação para prevenir e eliminar as violências contra as mulheres e as raparigas nos países-membros da OIF ", disse Diouf.

Cerca de 77 Estados e Governos que partilham o francês são membros da Francofonia que realizará a sua XV Cimenta em 2014 em Dakar, no Senegal.

-0- PANA SEI/JSG/FK/DD 20março2013

20 Março 2013 18:05:17




xhtml CSS