Desk Português da PANAPRESS inaugurado em Luanda

Luanda, Angola (PANA) - O Desk da Agência Pan-africana de Notícias (PANAPRESS) em língua portuguesa deverá ser inaugurado esta quinta-feira à tarde em Luanda na sede da Agência Angola Press (ANGOP), soube-se de fontes oficiais na capital angolana.

O diretor-geral PANAPRESS, Babacar Fall, está desde quarta-feira em Luanda para participar na abertura oficial do Desk Português, em cerimónia que deve ser presidida pelo ministro angolano da Comunicação Social, José Luís de Matos, na presença do seu colega das Relações Exteriores, George Rebelo Chicoti.

De acordo com o programa da sua visita, Babacar Fall, de nacionalidade senegalesa, será recebido em audiência pelo ministro angolano da Comunicação Social e manterá encontros de trabalho com o Conselho de Administração da Agência Angola Press (ANGOP), presidido por Daniel Miguel Jorge.

O Desk Português da PANAPRESS foi criado em janeiro de 2003 com base num acordo de cooperação assinado com a ANGOP em 2001, na sede da agência pan-africana em Dakar, capital senegalesa.

Desde a sua criação até 2012, o serviço em língua portuguesa da PANAPRESS funcionou em Dakar com o concurso de três jornalistas da ANGOP, tendo a parte angolana negociado mais tarde a sua transferência para Luanda.

O serviço em língua portuguesa foi lançado com o objetivo de alargar o âmbito da cobertura informativa da PANAPRESS (também conhecida sob a sua designação abreviada de PANA) ao espaço lusófono, uma vez que, até então, esta agência
pan-africana emitia apenas em inglês, francês e árabe.

A PANA surgiu da vontade de alguns Estados de dotar África de uma ferramenta de comunicação privilegiada com a missão de produzir e difundir, dentro do continente e no exterior, um fluxo de notícias e informações destacando os êxitos e os fracassos de uma África em formação.

Ela propõe igualmente análises que ajudam a compreender e a explicar os êxitos e os fracassos, bem como a identificar os esforços mal sucedidos, conforme uma linha editorial que propõe ao leitor o máximo possível de dados a fim de lhe permitir construir a sua própria opinião.

A Redação Central da PANAPRESS, cuja sede está localizada em Dakar, assegura a coordenação das atividades de uma centena de correspondentes, jornalistas e repórteres fotográficos repartidos em mais de cinquenta países africanos e nos seus gabinetes externos em Paris (França) e em Nova Iorque (Estados Unidos).

-0- PANA TON 04julho2013

04 Julho 2013 10:17:45




xhtml CSS