Descoberto fóssil 400.000 anos mais antigo que a Lucy

Addis Abeba- Etiópia (PANA) -- A expedição Hadar Internactional descobriu na região etíope de Afar, dois maxilares(ossos da face), dos quais um é 400.
000 anos mais velho que o célebre fossil astrolopiteco afarensis, anunciou sexta-feira um membro da expedição.
"Para além do maxilar de um adulto e de uma criança, ambos pertencentes a espécie astrolopiteco afarensis, encontramos mais 300 espécimes de fósseis de hominídeos com mais de 4.
000 instrumentos de pedra", declaou Erella Horers, uma arqueóloga da Universidade Hebraica de Israel.
"A idade destes hominídeos é de cerca de 2,3 milhões de anos", precisou.
Financiado pela Fundação Nacional dos Estados Unidos para a Ciência e pela Sociedade Geográfica Nacional, a expedição Hadar Inernational procura fósseis de hominídeos na região de Afar desde os anos 70.
"O facto de que os fósseis de hominídeos tenham sido encontrados na mesma região que os instrumentos de pedras em grande quantidade, torna esta descoberta única.
Encontrar fósseis e instrumentos no mesmo local torna mais fácil, para os arqueólogos, estudar como os hominídeos utilizavam os instrumentos de pedra", explicou Horers.
"Nós encontramos vários fósseis de hominídeos pertencentes a espécie de Lucy e fósseis de outras espécies de hominídeos com instrumentos de pedra primitivos que datam de 2,3 à 2,5 milhões de anos", declarou William Kimbel, um arqueólogo da Universidade do Arizona State e membro da expedição.
"Temos períodos de tempo no local de Hadar: fósseis astrolopiteco afarensis que datam de 2,3 à 2,5 milhões de anos e fósseis de astrolopiteco afarensis que data de cerca de 3,2 milhões de anos, declarou Kimbel.
"O local de Hadar é importante porque, no que concerne a evolução humana no Rift Valley africano oriental, forneceu a fonte da mais rica das informações sobre o período durante o qual a Lucy viveu", indicou.
"Tentamos colmatar o défice de informação a respeito da evolução humana e nós estamos interessados no facto de saber como é que os primeiros homens conseguiram se deslocar de pé sobre as suas pernas.
E quase todas informações sobre o período entre há três milhões e 3,5 milhões de anos proveem do local de Hadar", afirmou Kimbel.

13 Dezembro 2002 17:09:00


xhtml CSS