Demissão de diretora executiva da ONU-Mulheres

Nova Iorque, Estados Unidos (PANA) – As Nações Unidas anunciaram domingo a decisão de Michelle Bachelet de se retirar da direção da ONU-Mulheres, a agência onusina encarregada de promover a igualdade do género.

Segundo um comunicado onusino transmitido à PANA em Nova Iorque, Michelle Bachelet,  ex-Presidente do Chile (2006-2010), já informou o Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, sobre a sua intenção de deixar o cargo.

"O Secretário-Geral das Nações Unidas testemunhou-lhe a sua profunda gratidão pela sua contribuição notável para o posto de diretora executiva da ONU-Mulheres, uma agência criada em 2010 para supervisionar os programas da organização cujo objetivo é promover os direitos das mulheres e a sua plena participação nos assuntos do mundo", indica o comunicado.

"Michelle Bachelet era a mulher ideal no posto ideal", declarou Ban Ki-moon, precisando que o seu espírito visionário deu à organização a marcha dinâmica de que necessitava e que a sua audácia na defesa dos direitos humanos elevou a tomada de consciência a nível mundial sobre esta questão essencial.

Ele mencionou as suas realizações, das quais as novas medidas para proteger as mulheres e as raparigas da violência, os novos progressos sobre a saúde e a nova compreensão de que a autonomização das mulheres deve estar no centro das atividades das Nações Unidas.

A PANA soube que Michelle Bachelet pretende regressar ao Chile, onde ela ocupou o posto de Presidente da República de 2006 a 2010.

-0- PANA AA/SEG/ASA/SSB/IBA/FK/TON 18março2013

18 Março 2013 11:42:14


xhtml CSS