Demissão da diretora-geral da South African Airways

Cidade do Cabo, África do Sul (PANA) – Na sequência de fortes críticas, a diretora-geral da South African Airways (SAA), Siza Mzimela, anunciou, segunda-feira, a sua demissão, alguns dias depois de o Governo confirmar a concessão à transportadora aérea sul-africana de 568 milhões de dólares americanos para a sua recuperação.

Esta ajuda financeira segue-se à apresentação duma estratégia neste contexto ao ministro das Empresas Públicas, Malusi Gigaba.

Numa declaração dirigida ao pessoal da SAA, Siza Mzimela disse ter tomado a sua decisão depois de muita reflexão.

"Achei que é o melhor momento de abandonar a minha posição de diretora-geral e permitir a outra pessoa pilotar a companhia", acrescentou.

A SAA está a ser muito mediatizada nestas últimas semanas na sequência da demissão de oito membros do seu Conselho de Administração, entre os quais a presidente, Cheryl Carouls.

Todos os membros do Conselho foram substituídos.

A transportadora registou uma perda de 142 milhões de dólares americanos durante o exercício fiscal de 2012 depois de anos sucessivos de crescimento, designadamente em 2010 e em 2011.

Na última semana, o principal partido da oposição, a Aliança Democrática (DA), anunciou a sua vontade de se encontrar com o ministro das Empresas Públicas, Malusi Gigaba, para discutir sobre o impacto devastador das ajudas da SAA sobre as companhias privadas.

-0- PANA CU/SEG/NFB/TBM/IBA/CJB/DD   08out2012

08 Outubro 2012 17:16:27




xhtml CSS