Delegação da CEDEAO informa Presidente nigeriano sobre missão na Côte d'Ivoire

Lagos, Nigéria (PANA) – A delegação da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), que se deslocou terça-feira à Côte d'Ivoire, deve fazer um relatório esta quarta-feira em Abuja (capital federal nigeriana) sobre a sua missão ao chefe de Estado nigeriano e Presidente em exercício da organização oeste-africana,  Goodluck Jonathan, soube a PANA de fontes próximas da organização sub-regional.

Os Presidentes de Cabo Verde, Pedro Pires, da Serra Leoa, Ernest Bai Koroma, e do Benin, Yayi Boni , transmitiram ao Presidente cessante ivoiriense, Laurent Gbagbo, durante uma reunião de três horas em Abidjan, a decisão do bloco sub-regional de 15 membros de fazer "uso da força legítima" caso ele se recuse a  deixar voluntariamente o poder.

Os três chefes de Estado, acompanhados pelo presidente da Comissão da CEDEAO, James Victor Gbeho, encontraram-se com o vencedor, reconhecido pela comunidade internacional,  da segunda volta das eleições presidenciais de 28 de Novembro último, Alassane Ouattara, e com o chefe da Operação das Nações Unidas na Côte d'Ivoire (ONUCI), Choi Young-jin.

Os chefes dos Exércitos da CEDEAO, reunidos em Abuja terça-feira para perspetivar a eventualidade de uma intervenção militar contra Gbagbo, prosseguiram com os seus trabalhos nesta quarta-feira.

Durante este encontro, realizado à porta fechada, a PANA soube que os chefes militares finalizam os pormenores dum possível envio de tropas à Côte d'Ivoire e outras medidas logísticas, caso Gbagbo rejeitar o pedido dos líderes africanos para se retirar do poder a fim de deixar o lugar ao vencedor reconhecido pela comunidade internacional das eleições presidenciais no seu país.

-0- PANA SEG/FJG/JSG/FK/DD 29Dez2010

29 Dezembro 2010 18:15:06




xhtml CSS