Darfur denuncia fracasso da missão africana de manutenção da paz

Cartum, Sudão (PANA) – A Autoridade Regional de Darfur (DRA) qualificou de "mau" o desempenho da Missão da União Africana em Darfur (MINUAD), que aguarda uma decisão do Conselho de Paz e Segurança sobre a renovação do seu mandato.

De acordo com o porta-voz da DRA, Abdul Karim Mussa, a Missão "não cumpriu nada em relação às suas atribuições,  apesar do seu enorme orçamento de um bilião e 300 milhões de dólares americanos e do poderoso equipamento de que dispõe".

Mussa indicou que todos os relatórios feitos pela MINUAD sobre a situação relativamente estável na localidade "foram influenciados e traduzem o seu fracasso no cumprimento da sua missão", nomeadamente de resolução de conflitos e manutenção da segurança.

Por isso, disse, deve ser feita uma avaliação sobre os desempenhos da Missão e a sua contribuição para os esforços de paz na província durante todo o seu mandato.

O porta-voz da DRA, entidade executiva que supervisiona o funcionamento de cinco Estados e vela pela aplicação do acordo de paz de Doha patrocinado pelo Qatar, lembrou que a decisão de renovar o mandato da MINUAD em Darfur cabe ao Governo central sudanês.

"O Governo central deve ser consultado sobre este pedido após a avaliação do desempenho da MINUAD no terreno", declarou Mussa citado na imprensa sudanesa.

-0- PANA MO/VAO/NFB/BEH/FK/IZ 16julho2014

16 juillet 2014 08:56:35




xhtml CSS