Crise no Mali compromete vários biliões de dólares de investimentos

Paris, França (PANA) – Vários biliões de dólares de investimentos previstos nas terras agrícolas do Mali não poderão ser realizados devido à crise vivida no país há alguns meses, indicou terça-feira à PANA, em Paris, uma fonte próxima do dossiê.

Segundo acordos negociados sob a presidência de Amadou Toumani Touré, cerca de 450 mil hectares de terras agrícolas deviam ser cedidos aos investidores estrangeiros, principalmente ao longo do rio Níger.

Considerando os atos dos grupos islamitas armados nas terras que eles cobiçam, os investidores estrangeiros, originários principalmente dos Estados árabes do Golfo, adiaram para mais tarde os seus projetos ou preferiram orientá-los para outros países africanos.

O Mali figura com o Gana, a Etiópia, o Sudão e Madagáscar, entre os cinco países mais atingidos pelo fenómeno de monopolização das terras agrícolas africanas por investidores estrangeiros.

-0- PANA SEI/AAS/SOC/CJB/IZ  25set2012

26 Setembro 2012 13:05:17


xhtml CSS