Crescimento económico de Cabo Verde favoráveis a parceiros externos, diz relatório

Praia, Cabo Verde (PANA) – O ambiente económico em Cabo Verde é favorável aos principais parceiros económicos do país, o que é uma das principais causas para o crescimento da economia cabo-verdiana, de acordo com um relatório de Estabilidade Financeira do Banco de Cabo Verde (BCV) publicado segunda-feira.

“O enquadramento externo, em 2017 e à semelhança dos dois últimos anos, contribuiu positivamente para o desempenho da economia cabo-verdiana, tendo como principal parceiro económico do país a Área do Euro, assinalada por um crescimento económico mais acelerado desde 2007”, assinala o documento.

Durante o ano findo (2017), continuou-se a assistir à recuperação da atividade económica do país e registou-se um aumento de volume de 3,9 porcento, ou seja valor mais elevado desde 2011, lê-se no relatório,

“Esta melhoria do contexto e das condições é suscetível de favorecer a situação financeira do setor não financeiro com reflexos positivos na diminuição do risco de crédito de empresas e particulares”, reforça ainda o documento.

No que se refere ao setor financeiro, o BCV assinala que se registou uma melhoria em alguns domínios, nomeadamente nos indicadores de qualidade de crédito e na respetiva cobertura, nas margens financeiras e complementares com impactos positivos na rendibilidade, bem como na eficiência operacional e no aumento dos depósitos e a nível da solvência.

O BCV assinala também que o mercado bolsista merece destaque pelo crescimento de 0,9 porcento registado relativamente ao ano anterior.

Segundo o Relatório de Estabilidade Financeira, “a capitalização bolsista alcançou os 68,4 mil milhões de escudos (49,870 milhões de dólares americanos)”, dos quais 79,7 porcento pertencem a títulos da dívida pública.

-0- PANA CS/DD 24julho2018

24 Julho 2018 11:31:35


xhtml CSS