Côte d'Ivoire organiza seu primeiro mercado do artesanato

Dakar, Senegal (PANA) – O primeiro Mercado Ivoiriense do Artesanato (MIVA) vai realizar-se de 7 a 13 de abril próximo no Palácio dos Desportos de Treichville, em Abidjan, sob o lema “Pormoção da Inovação e Excelência dos Produtos do Artesanato Africano”, anunciaram os organizadores em Dakar.

Segundo eles, este salão permitirá valorizar os produtos do artesanato e criar um espaço de encontro entre os criadores e compradores profissionais do setor do artesanato de todas as regiões do mundo interessados por este setor.

Pela sua experiência na organização da Feira Internacional de Dakar (FIDAK), o Senegal foi escolhido como primeiro parceiro pelos organizadores para o acompanhamento, o controlo e a promoção deste novo evento.

"Queremos promover o MIVA em África toda. Escolhemos o Senegal como país parceiro na organização, pois ele está na sua 23ª edição da FIDAK e tem 40 anos de existência. Assim, queremos que ele nos acompanhe na organização, na promoção deste evento para o seu êxito no plano internacional”, explicou o diretor do Enquadradamento, Inovação e Artesanato da Côte d’Ivoire, Antoine Assemian Yapo, durante uma conferência de imprensa conjunta organizada pelos dois países.

Espera-se a participação de 500 expositores africanos dos quais artesãos selecionados pelo seus países ou que obtiveram prémios em salões de artesanato em África, parceiros financeiros e técnicos, peritos e consultores em artesanato, imprensa e dois mil visitantes de todos os continentes.

Segundo ainda os organizadores, 12 compradores profissionais estrangeiros serão igualmente enviados pela Agência Americana para o Desenvolvimento Internacional (USAID).

A Côte d’Ivoire, que se livrou há alguns anos duma longa crise política, quer tornar-se num país emergente até 2020 através da organização desses eventos portadores de crescimento.

Neste sentido, o ano de 2014 foi decretado como « Ano Artesanal » na Côte d’Ivoire pelo Presidente Alassane Outtara.

Várias missõs serão enviadas para o Burkina Faso, o Níger, o Mali, o Togo, o Gana, os Camarões e o Gabão, para promover o MIVA e convidar os diferentes países a participar nele.

-0- PANA KAN/JSG/FK 04março2014/IZ

05 Março 2014 17:40:38


xhtml CSS