Côte d'Ivoire cria comité sobre supressão de cartão de estadia

Abidjan- Côte d'Ivoire (PANA) -- Por iniciativa do Presidente ivoiriense, Laurent Gbagbo, o primeiro-ministro Guillaume Soro instalou no fim-de-semana passado um comité encarregue de definir as modalidades de aplicação da proposta de supressão do cartão de estadia exigido aos estrangeiros residentes na Côte d'Ivoire, soube- se junto da Primatura.
O comité, sob a autoridade directa do primeiro-ministro e presidido pelo secretário-geral do Governo Tyéoulou-Diéla Félix, tem como missão "avaliar o impacto financeiro e social da supressão do cartão de estadia e propor ao Presidente da República todas as medidas adequadas".
Além dum representante do chefe de Estado e dum delegado do primeiro- ministro, este grupo de trabalho integra igualmente representantes dos ministros do Interior, dos Negócios Estrangeiros e da Economia e Finanças.
Segundo um decreto assinado pelo primeiro-ministro, a urgência da questão pede ao grupo de trabalho para entregar as suas conclusões o mais tardar a 7 de Novembro.
A supressão do cartão de estadia na Côte d'Ivoire foi proposta a 28 de Outubro último pelo Presidente Gbagbo, por ocasião dum encontro com a comunidade burkinabe reunida no seio dum grupo de apoio ao acordo político inter-ivoiriense de Ouagadougou.
O chefe de Estado ivoriense considera que a instauração do cartão de estadia pelo plano Alassane Dramane Ouattara, então primeiro- ministro, "constitui a fonte dos problemas de identidade e dos conflitos que continuam a surgir no país desde 1999", ano em que a Côte d'Ivoire registou o seu primeiro golpe de Estado.

05 Novembro 2007 11:45:00




xhtml CSS