Coordenador humanitário na RDC condena ataque contra deslocados no nordeste

Kinshasa, RD Congo (PANA) – O coordenador da ação humanitária na República Democrática do Congo (RDC), Mamadou Diallo, condenou quarta-feira, em Kinshasa, o ataque contra um campo de deslocados na localidade  de Geti, no sul da província de Ituri, no nordeste do país, a 13 de  setembro último.

« Eu condeno com firmeza este novo ataque, o décimo em seis meses, contra zonas para  deslocados internos. Estes ataques devem cessar imediatamente, pois as zonas de deslocados, locais de refúgio para pessoas aflitas, são protegidos pelo Direito Internacional contra qualquer ato predujicial à sua proteção  e segurança”, sublinhou Diallo.

Ele apelou a todas as partes em conflito para o estrito respeito e a manutenção do caráter civil e humanitário das zonas de acolhimento para pessoas desocadas em conformidade com a Convenção de Kampala ratificada pelo Estado congolês.

Exortou as autoridades congolesas a fazer o seu possível a fim de garantir a proteção dos civis e das pessoas deslocadas e levar à Justiça os autores dos ataques contra civis para responderem pelos seus atos, em conformidade com o Direito.
  
Durante este ataque, lembrou o responsável humanitário, uma pessoa deslocada morreu, uma outra ficou ferida e 50  famílias despojadas dos seus bens.

-0- PANA KON/TBM/SOC/FK/IZ 1out2015

01 Outubro 2015 14:12:26


xhtml CSS