Controversa vitória do novo presidente eleito na Somalilândia

Mogadíscio- Somália (PANA) -- Um candidato influente da oposição somalilandesa, vencido nas últimas eleições nesta República separatista, contestou a vitória do actual presidente eleito, o coronel Daahir Royale Kahin.
Numa recente conferência de imprensa em Hargeysa, a capital somalilandesa, Ahmed Mohamed Mohamud Silanyo do partido KULMIYE e membro do órgão dirigente da República autoproclamada da Somalilândia, declarou que a Comissão eleitoral havia falsificado os resultados a favor do partido UDUB, no poder.
Silanyo, que disse ser verdadeiro vencedor, advertiu que os resultados "falseados" podiam comprometer a unidade e a estabilidade da Somalilândia que se tornou independente da Somália a 18 de Maio de 1991.
O presidente da Comissão eleitroral, Ahmed Hadji Ali Adami, rejeitou com firmeza as acusações de fraude, indicando que a sua equipa fez os seus possíveis para satisfazer todas as partes.

23 Abril 2003 19:53:00




xhtml CSS