Conselho de Segurança da ONU felicita Libéria por organizar presidenciais pacíficas

Monróvia, Libéria (PANA) – O Conselho de Segurança (CS) da Organização das Nações Unidas (ONU) felicitou o povo e o Governo liberianos bem como os líderes políticos, as organizações da sociedade civil e a imprensa pela "organização pacífica" da segunda volta das eleições presidenciais de 26 de dezembro último.

Os elogios do CS da ONU são igualmente extensivos aos dois candidatos à segunda volta pelo seu "comportamento responsável" durante a sua campanha.

Também mereceu os ditirambos onusinos a Comissão Nacional Eleitoral da Libéria, a Presidente cessante, Ellen Johnson Sirleaf, e o Governo da Libéria pela preparação e organização da segunda volta das eleições presidenciais e pelos seus esforços para resolver  as divergências derivadas das eleições legislativa e presidencial de 10 de outubro último.

O CS exprimiu ainda a sua satisfação à Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental  (CEDEAO), à União Africana (UA) e a todas as missões estrangeiras, regionais e locais, de observação das eleições pelas "suas contribuições para a transparência do processo eleitoral e pelas suas avaliações pertinentes".

Foi também parabenizado o representante especial do Secretário-Geral da ONU, Farid Zarif , e da Missão da ONU para a Libéria (UNMIL), pela sua "assistência intensa" e pelas "sua mediação" durante o processo eleitoral.

O CS sublinhou a importância da transição política em curso e saudou as discussões frutuosas entre a nova e a antiga administrações para facilitar a posse do Presidente eleito, George Weah.

Realçou a significação da primeira transferência pacífica do poder entre os líderes democraticamente eleitos na Libéria em mais de 70 anos.

Encorajou o novo Governo da Libéria e as Nações Unidas, incluindo a UNMIL a continuarem a trabalhar em estreita colaboração para a transferência das responsabilidades, tendo em conta o fim da missão da UNMIL, logo depois da expiração da prorrogação do seu último mandato a 30 de março de 2018, como o indica a Resolução 2333 (2016).

O CS encorajou igualmente o compromisso contínuo da comunidade internacional e dos doadores de fundos para apoiarem os esforços intensos da Libéria para restabelecer uma paz duradoura, nomeadamente através do apoio às promessas feitas no Plano de Manutenção da Paz da Libéria.

-0- PANA PTK/AR/ASA/BEH/FK/DD 9jan2018

09 Janeiro 2018 12:45:00


xhtml CSS