Congolesas participam em marcha contra violência nos Estados Unidos

Kinshasa- RD Congo (PANA) -- Um grupo de sete congolesas membros da Fundação Bill Clinton para a Paz (FBCP) participará de 25 Novembro a 10 de Dezembro em Nova Iorque (Estados Unidos) numa campanha denominada "16 Dias de Activismo contra a Violência das Mulheres".
O presidente do Comité Internacional da FBCP, Emmanuel Cole, disse quarta-feira à PANA que as delegadas congolesas vão manter nos Estados Unidos contactos com a alta hierarquia da FBCP e vão encontrar-se com o presidente de honra da fundação, o ex-chefe de Estado norte-americano Bill Clinton.
Elas abordarão com Clinton os principais problemas enfrontados pelas congolesas, incluindo o HIV/Sida, cuja taxa de prevalência está em progressão, e o desprezo de que elas são vítimas devido, essencialmente, a guerras que fizeram mais de três milhões e 500 mil mortos, dos quais duas milhões e 500 mil mulheres e crianças.
A delegação congolesa é liderada pela presidente do Comité Executivo Nacional da FBCP, Bibiche Clémentine, e integra também uma vítima de violação sexual, Mbuyi Mukanya Philomène, que deverá tomar a palavra no evento.

24 Novembro 2005 09:43:00


xhtml CSS