Congo regista défice de 14 mil docentes

Brazzaville, Congo (PANA) – O Congo-Brazzaville regista um défice de 14 mil docentes neste ano letivo 2013-2014, indica um comunicado do Ministério do Ensino Primário, Secundário e Alfabetização publicado sábado.

Como solução provisória ao problema, o Governo congolês pretende, durante este ano, utilizar docentes que estão à espera de integração, que beneficiarão de estatuto particular no quadro de um serviço cívico, antes de serem recrutados na função pública a partir do próximo ano letivo 2014-2015.

Pretende-se igualmente abrir os cursos pedagógicos nos liceus a partir do próximo ano letivo e trabalhar na reabertura dos cursos na Universidade Marien Ngouabi, que preparam os estudantes para se tornar docentes.

Por outro lado, o ministro do Ensino Primário, Hellot Matson Mampouya, promete continuar a melhorar o ambiente de trabalho no meio escolar e prosseguir a política de construção de direções departamentais e de estabelecimentos escolares modernos em todo o país.

-0- PANA MB/JSG/CJB/TON   26jan2014

26 Janeiro 2014 12:43:03


xhtml CSS