Congo paga à Francofonia 1 milhão de euros de cotas em atraso

Quebeque- Canadá (PANA) -- O Congo pagou um milhão de euros de cotas em atraso à Organização Internacional da Francofonia (OIF), anunciou em Quebeque o administrador do organismo, Clément Duhaime.
Falando durante um encontro informal com jornalistas, na véspera da Cimeira da Francofonia prevista para 18 a 19 de Outubro, em Quebeque, Duhaime precisou que o Governo congolês procedeu ao pagamento antecipado de dois anos de cotização.
"Se todos os países membros fizessem o mesmo, estaria muito contente", sublinhou.
A OIF totaliza cerca de 11 milhões de cotizações em atraso, uma parte da qual dura há mais de 10 anos.
A Conferência ministerial da Francofonia (CMF), reunida em Novembro de 2007 em Vientiane (Laos), modificou o nível das cotas para que cada Estado participe no orçamento da organização consoante os seus meios.
Os ministros exortaram ainda os Estados membros a pagar as suas cotizações sob pena de sanções graduais.

14 Outubro 2008 09:34:00




xhtml CSS