Congo e Camarões lançam universidade comum

Brazzaville, Congo (PANA) – O Congo e os Camarões lançaram um projeto comum de criação da Universidade Interestados, no quadro da integração sub-regional na África Central, soube quinta-feira a PANA, em Brazzaville, junto do Ministério congolês do Ensino Superior.

Concebida para acolher estudantes camaroneses e congoleses nas localidades de Sangmélima (Camarões) e Ouesso (Congo), esta Universidade Interestadual Congo-Camarões poderá lançar as suas atividades no próximo ano académico (outubro-novembro), segundo as autoridades dos dois países.

Nesta perspetiva, o ministro congolês do Ensino Superior, Bruno Jean Richard Itoua, e o embaixador dos Camarões no Congo, Hamidou Komidor Njimoluh, examinaram juntos a 4 de agosto último a evolução do projeto.

“Nos próximos dias, os peritos vão finalizar o seu trabalho e apresentar os documentos ao Governo, antes de ir aos Camarões. Esta Universidade agrupará os estudantes dos dois países », disse Itoua.

Segundo a programação dos dois Governos, a cidade congolesa de Ouesso acolherá as fileiras agroflorestais, bem como as dedicadas às ciências e à tecnologia aplicada.

Por seu turno, Sangmélima, a cidade vizinha dos Camarões, vai acolher as fileiras dedicadas à agricultura e às tecnologias de informação e comunicação.

O embaixador dos Camarões no Congo, que informou que o trabalho estava no bom caminho nos Camarões, indicou, além disso, que « este projeto será concluído até ao fim do ano académico, entre setembro-outubro, mas as comissões já estão prontas para que isto seja algo de muito efetivo ».

-0- PANA MB/JSG/MAR/IZ 11ago2016

11 Agosto 2016 14:23:45


xhtml CSS