Congo concede $ 400 mil ao CAMES

Brazzaville, Congo (PANA) – O chefe de Estado congolês, Denis Sassou Nguesso, decidiu pôr à disposição do Conselho Africano e Malgaxe do Ensino Superior (CAMES) um envelope especial de 200 milhões de francos CFA (cerca de 400 mil dólares americanos), foi oficialmente anunciado quarta-feira em Brazzaville.

Segundo o ministro congolês do Ensino Superior, Georges Moyen, o Congo aprecia "financiamentos inovadores", quer sejam bilaterais, multilaterais quer privados como meio seguro para responder ao imperativo de desenvolvimento do CAMES.

Por isso, prosseguiu, associando o compromisso ao ato e esperando os resultados da próxima mesa redonda de Libreville, o Presidente congolês decidiu pôr à disposição do CAMES o fundo especial em causa.

O governante falava durante uma cerimónia de condecoração do Presidente Denis Sassou Nguesso à dignidade de Grande-Cruz da Ordem Internacional das Palmas Académicas do CAMES, à margem do concurso de agregação das ciências jurídicas, políticas, económicas e de gestão do Conselho Africano e Malgaxe para o Ensino Superior que decorre atualmente em Brazzaville.

Este concurso, que termina a 20 de novembro próximo, integra 125 candidatos provenientes de nove Estados-membros do CAMES, designadamente, o Mali, o Senegal, o Togo, o Gabão, os Camarões, o Burkina Faso, o Benin, a Côte d’Ivoire e o Congo.

Chegados de França, África, Bélgica, Singapura e Estados Unidos, os seis júris do concurso são compostos de cerca de 41 membros. O presidente geral dos júris, Koffi Ahadzi Nonou, do Togo, disse que os candidatos que não se prepararam não serão aceites.

"Este concurso é difícil mas não intransponível", disse, antes de convidar os candidatos a não cederem ao stress.

O objetivo do programa de agregação é dotar as estruturas de ensino superior dos países- membros do CAMES de docentes pesquisadores em ciências jurídicas, políticas, económicas e de gestão, criando uma curta via para o acesso à corporação de assistentes universitários.

Este programa de agregação comporta também o concurso de medicina, farmácia, medicina dentária, medicina veterinária e produções animais.

O concurso de agregação das ciências jurídicas, políticas, económicas e de gestão do CAMES completa os seus 30 anos este ano.

-0- PANA MB/TBM/SOC/CJB/IZ 13nov2013

14 Novembro 2013 11:53:42


xhtml CSS