Confirmada chegada a Kinshasa de Jean-Pierre Bemba

Kinshasa, RD Congo (PANA) - O senador Jean-Pierre Bemba, presidente do Movimento de Libertação do Congo (MLC, oposição) e candidato às presidenciais de 23 de dezembro de 2018 na RD Congo, chega esta quarta-feira por volta das 09:00 horas locais a Kinshasa, confirmou terça-feira à imprensa a secretária-geral do MLC, Eve Bazaïba.

Antigo Vice-Presidente e ex-chefe rebelde congolês, Bemba chega à capital congolesa proveniente da Bélgica onde está desde a sua absolvição pelo Tribunal Penal Internacional (TPI), em Haia, nos Países Baixos.

"Nenhuma comunicação não está prevista. Os militantes vão apenas acompanhar o seu líder, do aeroporto internacional de N'Djili até à sua residência", sublinhou Eve Bazaïba, lembrando que a segurança será garantida pela Polícia Nacional congolesa (PNC).

O programa do seu regresso, inicialmente previsto para Gemena, na província do Ubangi-Sul, no noroeste da RD Congo, onde deveria inclinar-se perante o túmulo do seu pai, morto durante a sua permanência no TPI, foi modificado depois da recusa do Governo congolês de autorizar  que o seu avião aterrasse no Ubangui-Sul proveniente da Bélgica.

O vice-ministro congolês dos Transportes e Vias de Comunicação, José Makila, também confirmou o regresso de Bemba, indicando que a Autoridade da Aviação Civil autorizou a aterragem do seu avião no aeroporto em Kinshasa.

Condenado em primeira instância a 18 anos de prisão por "crimes de guerra" e "crimes contra a humanidade" na República Centroafricana (RCA),  Jean-Pierre Bemba, viu a 8 de junho último a sua culpa anulada em recurso diante do TPI.

-0- PANA KON/BEH/MAR/IZ 31jul2018


31 Julho 2018 13:27:34


xhtml CSS