Conexão de alto débito de plataformas de petróleo e gás ao largo de Angola

Dakar, Senegal (PANA) - A filial de redes óticas sub-marinhas da Alcatel-Lucent, Alcatel-Lucent Submarine Network, vai desenvolver o sistema Sonangol Offshore Optical Cable (SOOC), um projeto de infraestrutura essencial para a redução do custo do tráfico de dados em Angola, incluindo plataformas petrolíferaos e de gás offshore, indica um comunicado transmitido terça-feira à PANA.

De mil e 900 quilómetros de comprimento, o sistema de cabos sub-marinhos SOOC terá quatro pontos de aterragem na costa angolana e permitirá a indústria petroleira e de gás do país beneficiar duma capacidade banda larga significativa muito viável e de baixa latência.

O SOOC vai igualmente melhorar a eficácia operacional das infraestruturas petroleiras otimizando os custos de gestão e oferecer uma contribuição significativa para a economia de Angola graças à coneção alto débito que será estabelecida entre Luanda e Cabinda para fazer face às necessidades de capacidade deste país.

A fase de desenvolvimento está em curso e o início das operações de construção está previsto no segundo semestre de 2016.

O diretor-geral da Alcatel-Lucent Submarine Networks encarregue das atividades petroleiras e de gás, Yohann Bérnard, sublinhou que este projeto mostra a qual ponto a tecnologia de fibra ótica sub-marinha está a tornar-se uma referência para a conexão das plataformas petroleiras e de gás offshore.

A implementação deste projeto surge para a Alcatel-Lucent Submarine Netwoks depois de conetar Angola à rede mundial de telecomunicações graças a vários sistemas de cabos sub-marinhos.

-0- PANA BAL/IS/MAR/TON 06out2015

06 أكتوبر 2015 19:53:09


xhtml CSS