Comissão maliana de direitos humanos condena uso pernicioso de redes sociais

Bamako, Mali (PANA) – A Comissão Nacional dos Direitos Humanos (CNDH) do Mali condenou  com veemência o que chamou de "uso insidioso e pernicioso" das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) para propagar imagens e elementos sonoros "suscetíveis de cristalizar indevidamente o ódio entre os Malianos”.

Num comunicado transmitido à PANA, em Bamako, a CNDH apela para maior vigilância e insta os cidadãos a nunca servir de correias de transmissão para a propagação de tais informações.

Saudou as ações iniciadas pelo Governo do Mali e pelos seus parceiros, com vista a garantir a segurança das pessoas e dos seus bens, instando-os a redobrar de esforços.

Ao mesmo tempo, a CNDH tranquilizou a opinião pública nacional e internacional que ela desempenhará cabalmente o seu papel na promoção e proteção dos direitos humanos no Mali.

Nos últimos dias, vários vídeos circulam nas redes sociais a difundir informações que tendem a provocar tensões entre comunidades e contra as Forças Armadas malianas, num país abalado hoje pela insegurança no norte e no centro e  por conflitos intercomunitários mortais, nomeadamente, entre os Fulas pastores e os Dogons agricultores.

-0- PANA GT/JSG/IBA/FK/IZ 16julho2018

16 Julho 2018 16:33:34


xhtml CSS