Comissão eleitoral tem novo presidente na Mauritânia

Nouakchott, Mauritânia (PANA) – Mohamed Vall Ould Bellal, ex-ministro dos Negócios Estrangeiros sob o regime de Maaouya ould Sid’Ahmed Taya, foi nomeado presidente da Comissão Eleitoral Nacional Independente (CENI) da Mauritânia, segundo um decreto oficial a que a PANA teve acesso esta sexta-feira.

O novo presidente do comité diretor da CENI foi um militante do Fórum Nacional para a Democracia e Unidade (FNDEU), um vasto coletivo da chamada "oposição radical", até há alguns meses.

Esta nomeação surge a menos de 45 dias da organização de eleições legislativas, regionais e autárquicas previstas para 1 de setembro de 2018.

Por outro lado, a chegada deste antigo chefe da diplomacia mauritana à direção da CENI é acolhida de forma contrastada pelos diferentes partidos políticos. Os da maioria e os da chamada "oposição moderada" congratulam-se com a nomeação de "um quadro competente e experiente"  para a direção de uma instituição incumbida de vigiar o processo eleitoral.

Reação diametralmente diferente vem da nova Aliança da Oposição Democrática (AEOD), formada na semana passada, que denuncia "uma provocação por parte de um poder decidido em manter uma CENI não consensual, que exclui a oposição, em violação flagrante da lei".

-0- PANA SAS/BEH/FK/IZ 20julho2018

20 Julho 2018 17:13:50


xhtml CSS