Comissão da UA saúda levantamento de sanções norte-americanas contra Sudão

Addis-Abeba, Etiópia (PANA) – A presidente da Comissão da União Africana (CUA), Nkosazana Dlamini Zuma, congratulou-se com o levantamento das sanções económicas pelos Estados Unidos contra o Sudão, indica um comunicado publicado esta segunda-feira.

Segundo o comunicado,  Nkosazana reconheceu a importância desta medida que « vai permitir ao Sudão  tomar parte de novo nas trocas internacionais e pôr termo aos sofrimentos da sua população ».

Além disso, a presidente da CUA saudou o início das discussões sobre as modalidades do levantamento destas sanções, em particular após vários apelos da União Africana (UA), nomeadamente a Declaração dos chefes de Estado e de Governo africanos durante a sua 26ª sessão ordinária de janeiro de 2016.

« A presidente da CUA exprime os seu agradecimentos ao Presidente americano cessante, Barack Obama, pela sua decisão construtiva e espera que a próxima administração projete uma revogação permanente destas sanções nas suas Ordens Executivas 13067 e 13412 e trabalhe para aliviar a dívida  do Sudão, a fim de que este país inicie um novo capítulo de reconstrução económica e de prosperidade », lê-se na nota.

Por outro lado, Dlamini-Zuma encorajou muito o Governo e os movimentos armados do Sudão a voltarem com urgência à mesa das negocicações com uma abordagem mais conciliadora para a resolução das suas divergências políticas no interesse do povo do Sudão.

« Para o efeito, ela insta todas as partes a cooperarem plenamente para os esforços do Grupo de Execução de Alto Nível da UA a fim de chegarem a um acordo de cessação das hostilidade e  a um cessar-fogo permanente, participando num processo político inclusivo que garanta ao povo sudanês a paz a que ele aspira há muito tempo », acrescentou o comunicado.

-0- PANA AR/MA/FJG/JSG/FK/DD 16jan2017

16 Janeiro 2017 12:22:05




xhtml CSS